06 fevereiro 2014

Hora do Banho



A hora ideal para o banho: limpando a sujeira do sujinho

A frequência do banho dependerá da idade do bebê. Para um recém-nascido é importante que a área coberta pela fralda, as mãozinhas e o rostinho estejam sempre bem limpinhos, principalmente após regurgitar e se sujar. 
Não há muito com o que se preocupar, os recém-nascidos se sujam muito pouco, mas precisam de banhos diários. Quanto mais velho for o bebê, mais frequentes terão de ser os banhos, principalmente quando começar a engatinhar e a comer as primeiras papinhas. Quando já estiver andando, o bebê terá que tomar banho também quase todas as noites, para mandar a sujeira do dia pelo ralo e para ajudá-lo a se acalmar antes de dormir.
Qual o horário ideal para o banho? Em geral, é melhor dar o banho do recém-nascido antes de alimentá-lo, caso ele não esteja com muita fome. Se o banho for dado logo depois da alimentação, o bebê poderá regurgitar. Para bebês um pouco maiores, um banho antes de dormir é a melhor opção, pois além de limpar, o banho também acalma. Que tal criar essa rotina na hora de dormir? Um banho, uma história e, em seguida, cama. Mas não faça dessa rotina uma obrigação; use o bom senso e só dê o banho caso seja necessário.


O banho do bebê: usar ou não esponja?

Antes de cair o coto umbilical do bebê (dez dias a três semanas após o nascimento), é melhor usar uma esponja macia de banho para evitar que o coto seja molhado. Veja como: 
coloque o bebê sobre uma superfície macia e plana (em cima de uma toalha limpa, por exemplo); prepare antes um recipiente com água morna e uma esponja ou um pano macio; mantendo o bebê coberto e aquecido, limpe um membro de cada vez, delicadamente; seque essa parte do corpo, pressionando levemente a toalha sobre a pele para absorver a umidade, depois limpe outra região; se molhar o coto umbilical sem querer, basta secá-lo, colocando sobre ele uma toalha para absorver a umidade.

Banho na banheirinha 

Assim que o coto umbilical cair, o bebê está pronto para tomar seu primeiro banho na bacia, na banheirinha ou mesmo em uma pia com água aquecida corrente. Forre o fundo com uma toalha para ficar mais macio. Além disso, uma pessoa por perto sempre ajuda. Tenha todas estas coisas prontas antes de despir o bebê e encher a banheira: uma toalha grande com capuz; uma toalhinha macia para lavar o bebê; bolas de algodão; sabonete infantil em barra ou líquido; shampoo infantil, se necessário; escova ou pente apropriados.


Embora o sabonete tenha sido incluído na lista, muitas vezes não é necessário usá-lo. Ele pode remover os emolientes naturais e ressecar a pele do bebê. A água é suficiente para eliminar a maior parte da sujeira acumulada.
Tente colocar um paninho macio aquecido sobre a barriga do bebê para que ele não sinta frio. Os primeiros banhos não precisam ser demorados nem complicados, desde que cumpram seu objetivo. Segure o bebê com segurança e limpe delicadamente a sujeira ou a descamação acumulada.
Nunca deixe o bebê solto durante o banho. Isso é óbvio para os recém-nascidos, porém também se aplica aos bebês maiores que já se sentam sozinhos. Sempre apoie a cabecinha e as costas do bebê sobre suas mãos enquanto o lava. Durante o banho, limpe muito bem: as regiões genitais e de contato com a fralda; 
as regiões genitais e de contato com a fralda; rosto e pescoço. Se houver alguma sujeirinha ao redor dos olhos, use uma bola de algodão para eliminá-la com um movimento delicado, de dentro para fora.

Sujeirinha escondida 

Os recém-nascidos podem não ficar muito sujos, mas acumulam sujeira nos locais menos esperados. Não esqueça de lavar: as dobrinhas atrás dos joelhos, do pescoço e das coxas; s axilas - pode haver acúmulo de felpa da roupa; atrás das orelhas.



Cuidados com o cabelo 

Nem todos os bebês nascem cabeludos, mas se seu bebê tiver muito cabelo, lave-os sempre que necessário com um shampoo infantil neutro, para não irritar os olhos. Aplique uma pequena quantidade de shampoo e deixe agir por alguns instantes antes de enxaguá-lo. Não é necessário esfregar ou massagear nesta idade. Lave o cabelo do bebê por último, assim ele não terá de ficar na água cheia de sabão.

Não se surpreenda se o bebê chorar durante os primeiros banhos. O choro é apenas uma reação a uma sensação desconhecida. O ambiente deve estar quente e a temperatura da água morna. Acaricie e converse com o bebê para acalmá-lo. Em breve o banho será um momento adorável.

Cuidados na hora do banho 

O bebê pode se divertir muito durante o banho. Mas por uma questão de segurança, é importante lembrar que: a água deve estar na temperatura adequada e o bebê nunca deve ficar sozinho.

Água muito quente 

A pele do bebê é mais sensível do que a do adulto. Portanto, a temperatura da água que lhe parece boa estará muito quente para o bebê. Antes de começar o banho, verifique a temperatura com a parte anterior do pulso ou com o cotovelo; essas áreas são mais sensíveis ao calor do que as mãos. A água deve estar morna, mas não quente! Pense nisso:- para evitar queimaduras acidentais, teste sempre a temperatura da água.


Sozinha em casa? 

Nunca deixe o bebê sozinho durante o banho , nem mesmo por alguns segundos para atender o telefone ou a campainha. Ele pode se afogar. Não se arrisque. Se tiver que fazer alguma coisa durante o banho do bebê, envolva-o em uma toalha e leve-o junto.

Fonte: http://www.pampers.com.br/pt_BR/parenting-articles/dicas-para-o-banho-do-bebe/1415

0 comentários:

Postar um comentário