03 março 2014

Ai, ai, ai e agora?

Saiba como identificar os 5 tipos de choros dos bebês 

Não precisa ser mãe de primeira viagem para ficar na dúvida do que seu bebê está precisando quando abre o berreiro. Choro, fome, cólica. As opções são tantas que fica complicado entender qual é a diferença entre os sinais.

Porém, a especialista em linguagem do bebê Rafaela Rosa explica que existem cinco tipos de choro diferentes emitidos pelos bebês até os três meses de idade. 

Ela, que é primeira educadora licenciada no tema, usa o método desenvolvido pela musicista australiana Priscilla Dunstan.

“Este estudo usa os reflexos dos bebês na hora do choro para identificar o tipo de desconforto independente da nacionalidade, língua ou raça. Priscilla passou mais de oito anos estudando o tema depois de ter tido o primeiro filho”, conta Rafaela.

Rosana explica, ainda, que existem diferenças entre o som, a forma do choro e seus significados. Saiba como distingui-los:

Fome: “É um choro que vem do movimento de sugar, faz um som parecido com um ‘né’. Se você reparar bem em seu bebê, vai conseguir encontrar este sinal.”

Sono:
“Este vem do bocejar e por isso, a boca do bebê forma uma circunferência, ela fica bem ovalar. O som que ele emite é bem vogal e parecido com um ‘au’.”

Desconforto: “É preciso identificar o som ‘heh’, que vem forte, do choro.”

Arroto: “Quando o bebê não consegue arrotar ele contrai o abdômen a fim de expulsar o gás. Durante este processo o bebê solta um ruído durante o choro que a gente chama de “ê”, que nada mais é a necessidade de se livrar do arroto preso”.
 
Cólica: “Ele é mais sofrido, dá para ver que o bebê está irritado, nervoso. Procure o som ‘ear’ do choro.”

Fonte: http://mulher.terra.com.br/saiba-como-identificar-os-5-tipos-de-choros-dos-bebes.

0 comentários:

Postar um comentário