25 março 2014

Saindo da fralda.

Segue algumas dicas para ajudar o seu pimpolho:

1. O mais importante é ter paciência; algumas crianças levam mais tempo para se adaptar. O período de aprendizagem e adaptação não vai acontecer de uma hora para a outra. Cada criança tem seu ritmo, não tente compará-la à outras crianças

2. Ofereça incentivos; deixe a mão balinhas coloridas, ou outras guloseimas que você possa "premia-lo" a cada vez que ele usa o banheiro e não a fralda. Comemore! Cada vez que ele usar a privadinha ou o banheiro, vá até lá e abrace-o, diga que está feliz/orgulhosa, chame o papai, os irmãos mais velhos; conte a eles! Aplaudam! abraços e carinho são os melhores incentivos!
 
3. Pergunte de 1 em 1 hora se a criança precisa ir ao banheiro: eles podem se distrair e quando se dão conta já é tarde demais.
 
4. Preste a atenção na linguagem corporal, as mães normalmente conseguem perceber se o filho está "segurando" quando precisam ir ao banheiro; cruzar as perninhas e colocar as mãozinhas entre as pernas são indicativos que a criança precisa fazer xixi.
 
5. Demonstre para a criança como deve ser feito; especialmente com meninos, mostrar o pai pode ajudar a criança a entender como deve ser feito e também querer copiar o papai.
 
6. Explique que fraldas são para bebês! As crianças adoram saber que estão progredindo e que já são crescidinhos para usar fraldas. Cite exemplos de amigos, primos, outras crianças maiores que seu filho admire.
 
7. Compre fraldas de treinamento. Elas parecem calcinha/cuequinha e podem ser retiradas com facilidade pela própria criança.
 
8. Use roupas fáceis de tirar; evite macacões, jardineiras e cintos. Alguns segundos na hora de tirar a roupa podem fazer a diferença.
 
9. Durante a noite, sempre use fraldas, mesmo quando seu bebê já parecer bem treinado. Até crianças maiores têm acidentes noturnos. Antes de ir dormir, leve-o ao banheiro uma ultima vez.
 
10. Nunca deixe a criança constrangida quando houver acidentes. Isso pode causar danos maiores. Seja compreensiva e carinhosa e lembre-se sempre que ele é apenas um bebezinho.
 
Fonte: http://www.chicbrasil.com/saindo-das-fraldas/

0 comentários:

Postar um comentário