06 junho 2014

Lidando com as cólicas

 

Não é fácil descobrir se o choro é de cólica ou tem outro motivo. Os pais devem chegar a essa conclusão por eliminatória: a fralda está limpa? O bebê está alimentado? Não está com frio ou com calor? Há sinal de algum problema de saúde? Se a resposta a essas perguntas for "não", o motivo mais provável é a cólica. 

O bebê começa a contrair as perninhas e a dor costuma desaparecer ou melhorar bastante depois que consegue fazer cocô.

O Tiago sofreu muito com as cólicas era sempre no mesmo horário, no início da noite e as vezes ia até muito tarde, mas ele não conseguia fazer o cocô. Fazia tudo o que me indicavam, colocava-o em cima da minha barriga, fazia compressas mornas com a fralda, massagens na barriga e flexionava as suas perninhas.

Isso até aliava mais a bendita cólica não passava e quando dava conta já estava na hora dele mamar de novo e assim foi por muito muito tempo. 

Eu já não sabia se era cólica mesmo ou se era fome de novo, me informei com a pediatra ela disse que as vezes forma muitas gases e a criança não consegue fazer as fezes, então eu fazia muito exercícios com suas perninhas para soltar os gases, só aliava por alguns momentos. 

Também oferecia novamente o peito ele se acalmava um pouco, é muito ruim esta fase a gente não pode fazer nada, pois isso é normal até os quatro primeiros meses, isso ocorre por causa da imaturidade do intestino.

Se você está passando por esta fase e está sendo muito difícil mantenha a calma, peça para mais alguém te ajudar e procure orientação de um profissional.

Até amanhã.


Um comentário:

  1. Uma dica que pode ajudar também o seu bebê, faça as massagens na barriguinha várias vezes ao dia, não só quando ele tiver cólicas, pois vai evitar um pouco os gases e não esquecer de colocá-lo para rotar. Um abçs.

    ResponderExcluir