14 julho 2014

Organizando o dia a dia do TDAH

Os pais e familiares podem ajudar crianças com o TDAH ( Transtorno do déficit de atenção com hiperatividade) em casa, este transtorno está dando o que falar, será que existe ou é mais uma invenção?

Leia também artigo anterior: sobre TDAH ( transtorno do déficit de atenção com hiperatividade ), você vai conhecer suas características, a maioria das vezes aparece no período escolar, os professores são os seus maiores aliados, como é importante a escola ser próxima da família neste momento e quais são os profissionais que podem orientá-los.


Respondendo a pergunta acima:
 "O TDAH é um transtorno amplamente investigado no âmbito científico em diferentes partes do mundo, por vários grupos diferentes de pesquisadores sendo oficialmente reconhecido na Classificação Estatística Internacional de Doenças e Problemas Relacionados à Saúde (CID-10) da Organização Mundial de Saúde. O aumento do número de diagnósticos do transtorno parece estar mais associado a uma maior difusão do conhecimento que um modismo, como alguns alegam." (ABDA-Associação Brasileira do Déficit de Atenção).

Podemos aliar ao tratamento medicamentoso, terapia e também alguns hábitos no dia a dia da criança, ela precisa aprender que existem regras, disciplina e horários, isso vai auxiliá-la no comportamento dentro de casa e fora.

  • Os pais podem elaborar uma rotina saudável para seu filho, propor brincadeiras ao ar livre, a exposição ao sol estimula a produção de vitamina D, que por sua vez repõe a dopamina no organismo (neurotransmissor que atua no cérebro promovendo a sensação de prazer e motivação).
  •  A Atividade física é recomendável, pois auxilia também na produção da dopamina e de outros hormônios que fazem bem a saúde, essas crianças necessitam de sono, por isso  precisam ir mais cedo para cama. A qualidade do sono influencia no sistema nervoso e melhora na capacidade de aprendizagem, concentração, a hiperatividade e o equilíbrio emocional.
  • Os pais podem e devem incluir as outras atividades da criança do seu dia a dia, como: hora de acordar, escovar os dentes, lanche, estudo, brincar, almoçar, ir à escola, esportes e outros.
 Isso tudo vai colaborar para que a criança tenha uma qualidade de vida melhor e aprenda a se organizar. 
Sugestões:
  • Se houver alguma mudança avise com antecedência;
  • Nos finais de semana ou nas férias escolares, pode ser uma rotina improvisada, porém seja claro para a criança que será somente esses dias.
  • Elabore regras claras, objetivas e o mais importante siga-as corretamente para não confundir a criança;
  • Toda a família precisa está envolvida.
Devemos auxiliar com estratégias que prendam a sua atenção e lembrem seus compromissos e as regras.


Até mais.

2 comentários:

  1. Poste seu comentário e suas experiências, participe.Abraços.

    ResponderExcluir
  2. A criança tem características e interesses para cada faixa etária de idade, isso precisa ser acompanhado e levado em conta para elaboração destas estratégias os pais podem chamar a criança para ajudá-los nesta organização, ela se sentirá muito bem e motivada.

    ResponderExcluir